Como
podemos
ajudar?


Pessoa
física

Pessoa
física


Tem dificuldade para cuidar da sua vida financeira? Falta tempo para fazer orçamentos e cálculos?
Está em dúvida se abre ou não uma empresa? Estamos aqui para ajudar você.

Fazemos o diagnóstico e cuidamos de toda a sua contabilidade sem que você precise se preocupar. Com a sua saúde financeira sob nossos cuidados, você tem mais tempo para cuidar do que realmente importa.Você tem consultório? Clínica de médio porte? É dono de hospital? Não importa. Atendemos empresas de qualquer porte, ainda que você seja o único funcionário ou que
tenha centenas deles. Saúde financeira é com a gente mesmo.

Veja como podemos ajudar você

Como
podemos
ajudar?


Pessoa
jurídica

Pessoa
jurídica


Você tem consultório? Clínica de médio porte?
É dono de hospital? Não importa. Atendemos empresas de qualquer porte, ainda que você seja o único funcionário ou que tenha centenas deles. Saúde financeira é com a gente mesmo.

Veja como podemos ajudar você

Competência,
confiança e
proximidade


Quem somos

Há mais de 18 anos, atuamos no ramo da contabilidade para a área da saúde, cuidando do setor financeiro de consultórios, clínicas e empresas, com consultoria contábil e financeira de qualidade para todos os profissionais da área.

Com dois sócios apaixonados pelo que fazem e uma equipe preparada com 12 colaboradores focados no seu trabalho, procuramos levar tranquilidade e organização para a vida de nossos mais de cem clientes.

Como
podemos
ajudar você?

Sua declaração nas mãos de especialistas!

  • Declaração do Imposto de Renda;
  • Livro Caixa;
  • Carnê-Leão;
  • Ganho de capital;
  • Atividade rural;
  • Renda variável;
  • Consultoria.
Entre em contato

Para facilitar a sua vida como profissional da saúde, preenchemos a sua Declaração de Serviços Médicos e da Saúde (DMED) com  com todas as informações necessárias.
Nosso objetivo é que você gaste toda a sua energia e foco cuidando de seus pacientes, enquanto cuidamos do que realmente entendemos.

Entre em contato

Investimos em estudos sobre finanças, organização e planejamento para levar até vocês palestras que os impulsionem a qualificar sua empresa para que ela esteja sempre à frente do mercado.

  • Finanças pessoais;
  • Crédito com responsabilidade e organização financeira;
  • Imposto de Renda;
  • Livro Caixa.
Entre em contato

Terceirização do Departamento Financeiro de seu consultório ou empresa.

Plano Bronze –

  • Contas a pagar

Plano Prata –

  • Contas a pagar;
  • Contas a receber.

Plano Ouro –

  • Contas a pagar;
  • Contas a receber;
  • Análise do fluxo de caixa;
  • Painel de indicadores com dashboard on-line.

Plano Diamante –

  • Contas a pagar;
  • Contas a receber;
  • Análise do fluxo de caixa;
  • Painel de indicadores com dashboard on-line;
  • Aconselhamento financeiro focado em melhoria de resultados.
Entre em contato

Problemas para se manter dentro do orçamento? Com uma equipe preparada e focada para ajudar você e sua empresa, ajudamos-lhe a desenvolver hábitos que manterão você sempre dentro do orçamento. A resolução de pendências será mais leve, tranquila e sem dores de cabeça.

  • Apuração de custos e levantamento do preço de venda por produto/serviço;
  • Diagnóstico financeiro;
  • Planejamento financeiro.
Entre em contato

Nós cuidamos de toda a análise financeira, econômica e patrimonial de sua empresa,  auxiliando você na resolução de desafios e problemas com rapidez e eficiência, para que você tenha mais tempo para cuidar de seus pacientes.

  • Contabilidade de empresas de micro, pequeno e médio porte;
  • Contabilidade de pessoas físicas (Livro Caixa e acompanhamento do IR);
  • Folha de pagamento para consultórios e empregados domésticos e rurais, e encargos;
  • Abertura de empresas;
  • Diagnóstico Tributário Dinâmico.
Entre em contato

A garantia da nossa
qualidade é a satisfação
dos nossos clientes

Veja o que falam de nós


  • Dez dias contados da data de demissão, com exceção do término de contrato em que o prazo é o primeiro dia útil após o término.

  • O vale-transporte constitui benefício que o empregador antecipará ao trabalhador para utilização efetiva em despesas de deslocamento residência-trabalho e vice-versa.
    É uma obrigação de empresas que não possuem transportes próprios ou contratados. O artigo 5º do Decreto nº 95.247, de 17 de novembro de 1987, determina que o vale-transporte não deva ser pago em dinheiro.

  • As férias devem ser solicitadas à Contabilidade com o prazo de 30 dias de antecedência. E, para que não haja obrigatoriedade do pagamento em dobro das férias, é necessário que o gozo seja até 11 meses após o vencimento do período aquisitivo.
    Importante ressaltar que, caso o pagamento das férias não seja efetuado dentro do prazo (2 dias úteis que antecede o início do gozo), também será devido o pagamento em dobro. Art. 137 CLT.

  • De acordo com a CLT, poderão ser convertidos em abono pecuniário 1/3 do saldo de dias de férias que o funcionário tiver direito. Em relação ao início, é vedado o início das férias no período de dois dias que antecede feriado ou dia de repouso semanal remunerado.

  • Os documentos admissionais devem ser encaminhados no prazo de 48 horas antes do início das atividades.

  • O vencimento do Imposto de Renda sobre o ganho de capital é o último dia útil do mês subsequente à venda ou recebimento (inclusive se for em parcelas).

  • Bens de pequeno valor, vendidos até o valor de R$ 35 mil (trinta e cinco mil reais), por mês, são isentos de IR sobre ganho de capital.

  • São considerados isentos do imposto sobre a renda, na fonte e na declaração de ajuste do beneficiário, os valores efetivamente pagos ou distribuídos ao titular ou sócio da microempresa ou empresa de pequeno porte optante pelo Simples Nacional, salvo os que corresponderem a pró-labore, aluguéis ou serviços prestados.
    A isenção fica limitada ao valor resultante da aplicação dos percentuais de presunção, de que trata o artigo 15 da Lei nº 9.249, de 26 de dezembro de 1995, do Imposto sobre a Renda das Pessoas Jurídicas (IRPJ) sobre a receita bruta mensal, no caso de antecipação de fonte, ou da receita bruta total anual, tratando-se de declaração de ajuste, subtraído do valor devido na forma do Simples Nacional no período, relativo ao IRPJ.
    O limite não se aplica na hipótese de a microempresa ou empresa de pequeno porte manter escrituração contábil e evidenciar lucro superior àquele limite.

  • Considera-se isento do imposto sobre a renda, na fonte e na declaração de ajuste do beneficiário, o lucro do titular de empresa optante pelo Regime Especial Unificado de Arrecadação de Tributos e Contribuições devidos pelas Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Simples Nacional), na condição de Microempreendedor Individual (MEI).
    Os rendimentos que o MEI recebe em razão de outras atividades ou sociedades não se confundem com os rendimentos oriundos da sua condição de MEI, que devem ser tributados conforme sua natureza. A isenção fica limitada ao valor resultante da aplicação, sobre a receita bruta mensal, no caso de antecipação de fonte, ou da receita bruta total anual, tratando-se de Declaração de Ajuste Anual, dos percentuais de apuração do Lucro Presumido, mencionados no artigo 15, da Lei nº 9.249, de 26 de dezembro de 1995.
    O limite acima não se aplica na hipótese de o microempreendedor individual manter escrituração contábil que evidencia lucro superior àquele limite.

  • O rendimento recebido a título de pensão está sujeito ao recolhimento mensal (carnê-leão) e à tributação na Declaração de Ajuste Anual.
    O contribuinte do imposto é o beneficiário da pensão, ainda que esta tenha sido paga a seu representante legal. O beneficiário deve efetuar o recolhimento do carnê-leão até o último dia útil do mês seguinte ao do recebimento.
    Atenção: se um contribuinte informar em sua declaração de ajuste um dependente que receba pensão alimentícia, deve incluir tais rendimentos como tributáveis, independentemente do valor. Pode ainda o beneficiário da pensão apresentar declaração em nome próprio, tributando os rendimentos de pensão em separado.

  • A nota fiscal deve sempre ser emitida em nome de quem tomou os serviços.
    A despesa, caso se aplique, será dedutível para lançamento na declaração de IR de quem efetuou pagamento.

  • A nota fiscal deve ser emitida sempre na data da prestação do serviço, sendo esta considerada pela Prefeitura de Belo Horizonte como fato gerador do imposto ISSQN.
    Base legal: LEI Nº 8.725 Art. 1º.

  • Para prestação de serviços primeiramente deve-se verificar a legislação do Estado (sede) do tomador dos serviços quando Pessoa Jurídica. Caso o serviço seja prestado no local (sede) do tomador dos serviços, é exigido, em alguns Estados, o cadastro na prefeitura. Este, não sendo feito, cabe punição pelo descumprimento da legislação vigente, sendo esta o valor da retenção do ISSQN. Exemplos: Rio de Janeiro, São Paulo.

  • A apuração do adicional é considerada sobre a base de cálculo que ultrapassar o
    montante de R$ 60.000,00 (considerando 20.000,00 multiplicado por 3 meses). O
    valor que exceder fica sujeito à alíquota de 10% de adicional.

    Exemplo:
    Faturamento 1° Trimestre…………………………R$ 270.000,00
    Base de Cálculo 32%……………………………….R$ 86.400,00

    Dedução Receita Trimestre…………………………R$ 60.000,00
    Base de Cálculo Adicional 10%…………………R$ 26.400,00
    10% de Adicional ………………………………R$ 2.640,00
    IRPJ 15%……………………………………………….R$ 12.960,00
    Total a Recolher em DARF……………………….R$ 15.600,00

  • Sim. A alíquota efetiva do Simples Nacional compreende todos os impostos, sendo eles federais, municipais e estaduais quando for o caso. Podemos dizer que o ISS retido na fonte é parte do pagamento destes impostos.
    Exemplos:

     

    Receita Bruta em 12 Meses Anexo III Anexo III Deduzir Anexo III IRPJ Anexo III CSLL Anexo III COFINS Anexo III PIS Anexo III CPP Anexo III ISS (*)
    1,00 180.000,00 6,00% 4,00% 3,50% 12,82% 2,78% 43,40% 33,50%
    Receita Bruta em 12 Meses Anexo V Anexo V Deduzir Anexo V IRPJ Anexo V CSLL Anexo V COFINS Anexo V PIS Anexo V CPP Anexo V ISS (*)
    1,00 180.000,00 15,50% 25,00% 15,00% 14,10% 3,05% 28,85% 14,00%

Últimas
notícias